Desatinos...

Este é o meu terceiro lar, meu refúgio... Onde juntoletras e tento traduzir sentimentos. É um lugar de saudade, pois sempre falo com uma certa dose de nostalgia, na verdade sou um pouco antiquada com ares de pós-moderna...

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Brincando com traumas

Isso não é coisa que se faça. Brincar com traumas é como despertar o medo que está escondido no subconsciente e convidá-lo para rir da tua cara.
Eu tenho ÓDIO agora. Tenho ÓDIO das risadas imbecis que seriam incapazes de escutar os gritos silenciosos que ecoavam dentro de mim. Meu monstro despertou.
Preciso exorcizar fantasmas.

Um comentário:

7uto disse...

tendo calma tudo passa: monstros, furacões, passarões - e passarinhos cantarão assim que amanhecer