Desatinos...

Este é o meu terceiro lar, meu refúgio... Onde juntoletras e tento traduzir sentimentos. É um lugar de saudade, pois sempre falo com uma certa dose de nostalgia, na verdade sou um pouco antiquada com ares de pós-moderna...

sábado, 2 de agosto de 2008

Cones saiam do meu caminho


Minhas aventuras ao volante estão apenas começando. Daqui a uma semana farei o exame de direção e tive apenas quatro aulas práticas. O fato de ter que aprender a dirigir em oito dias me dava uma sensação de pânico total, mas me surpreendi gostando desse troço... Nunca pensei que seria fácil no começo.

Meu instrutor me desafia e diz que estou ótima para quem não sabe dirigir porra nenhuma, mas ele diz isso com classe porque ele é um senhor muito educado (tive sorte com Assis). Disse-me que mulher tem que dirigir com classe e me ensinou a fazer uma curva com charme, ADOREI.

No segundo dia eu só atropelei um cone, no terceiro dia eu já engatei a ré sem dificuldade e subi ladeira. Lá vou eu sem estancar... No quarto dia eu já estava fazendo baliza de ré e entrando em ruas e avenidas fazendo de conta que eu estava com uma ferrari, andando devagarzinho, sem pressa alguma.

Nesses primeiros dias eu aprendi a dar mais valor a coisas que antes eu não percebia. Por exemplo: A embreagem é que a poderosa no carrro, o verdadeiro 'anel do Frodo', antes eu pensava que o acelerador era que tinha a potência... Que nada, é a embreagem que manda mesmo! My preciouss...

Após as quatro aulas me atrevi a dirigir o carro de painho, num trajeto da minha casa ao centro da cidade. Mas eis que a embreagem do carro dele (bem mais curta do que a do Fiesta da auto-escola) e a direção hidráulica me fizeram cometer cada barbeiragem... Meu instrutor Assis certamente balançaria a cabeça em desapontamento, se visse as vezes que estanquei nos semáforos da vida... Ai, ai...

Tenho tanto a aprender.

Um comentário:

7uto disse...

feliz por vc...