Desatinos...

Este é o meu terceiro lar, meu refúgio... Onde juntoletras e tento traduzir sentimentos. É um lugar de saudade, pois sempre falo com uma certa dose de nostalgia, na verdade sou um pouco antiquada com ares de pós-moderna...

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Por pouco

Quase me perdi em palavras de adeus que não queriam ser pronunciadas. Foi por pouco... Tenho andado sozinha por aí, ouvindo as mesmas canções, seguindo pelos mesmos lugares... Quase triste, por pouco não feliz completamente.

Sábado passado foi quase perfeito! Estive em Campina Grande (sem ter saído de Mossoró). Ouvi som legal, vi uma galera alternativa, reencontrei amigos, dancei ciranda e admirei a apresentação de Cordel de Fogo Encantado (boba, muito boba com Lirinha). Até serração e frio teve no lugar... Nevoeiro em Mossoró? Sim, sim... Isso mesmo!

Falta pouco para ‘trincar’... Deixar de ser quase para me tornar uma balzaquiana. Não quero falar da tal da crise...Aliás a palavra crise me deixa irritada, não agüento mais isso em jornais, revistas, TV...Pior do que isso, só o Fantástico se auto promovendo...deve estar em crise.

Eu nem falei sobre o Michael Jackson e o Diploma de Jornalismo. Duas perdas irreparáveis. Quando coisas assim acontecem, eu me vejo no futuro contando para as pessoas que eu presenciei esse momento, tive a mesma sensação quando as torres gêmeas do World Trade Center desabaram e quando o Lula venceu a primeira eleição. Comparações toscas eu sei... É que muitas vezes eu misturo tudo.

Por pouco não perdi esse texto, mas não sei se vale muita coisa.

2 comentários:

7uto disse...

gosto de me transprotar pra qualquer não-lugar novo, teu jeito de dizer as coisas me fazem isso.

7uto disse...

seria... do gosto, que degusto - traspor-te pra lugar nenhum. Palavras feito coisas tuas, faço-as minhas.